top of page
  • exlibrisbrasil2020

As mulheres e seus ex-líbris: Nélida Piñon

Por Mary Komatsu*


Hoje (12/03) Dia do Bibliotecário e da Bibliotecária, a Caçadora de Ex-líbris presta uma homenagem a grande dama da literatura que faleceu em dezembro do ano passado. Ela doou a sua biblioteca particular para o Instituto Cervantes do Rio de Janeiro, que foi inaugurada em junho de 2022 e batizada com o seu nome. Estou falando da escritora e jornalista, Nélida Piñon que ocupou a cadeira 30 na Academia Brasileira de Letras (ABL).


Nélida Piñon (1937-2022)

A Biblioteca Nélida Piñon reúne obras acumuladas ao longo de mais de 60 anos de carreira contando com um acervo de mais de 8.000 mil livros. Além de um rico e vasto acervo em artes, a biblioteca conta com obras herdadas da lexicógrafa Elza Tavares, bem como, destaca-se a coleção Galícia, que reúne documentos da cultura e literatura da região espanhola de onde vem a família da escritora.



Muitos desses livros contém dedicatórias da autora e outros escritores e amigos.


O seu ex-líbris foi criado por Bethy Lagardere e confeccionado na França e por recomendação da própria Nélida estão fixados apenas na coleção Galícia da Nélida. Este conjunto é o maior acervo sobre a Galiza no Brasil.

Ex-líbris de Nélida Piñon

Conheça: Instituto Cervantes do Rio de Janeiro. Biblioteca Nélida Pinõn. Rua Visconde de Ouro Preto, 62 – Botafogo – Rio de Janeiro.


Confira a live "As marcas de Procedência: a coleção Nélida Piñon do Instituto Cervantes do Rio de Janeiro, com o bibliotecário Carlos Alberto Della Paschoa.





*Mary Komatsu - Bibliotecária e administradora do canal Caçadora de Ex-líbris.





36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page