top of page
  • exlibrisbrasil2020

O ex-líbris da Fazenda Campos Elísios

Recentemente a seguidora do meu canal @mariadaf_kk entrou em contato, para contar sua inusitada história quando conheceu pela primeira vez um ex-líbris no hotel em que ela esta hospedada. Ela mal sabia o que era essa "etiqueta" mas achou interessante que buscou saber mais sobre o ex-líbris. Confira o seu depoimento:

Maria do Carmo no Hotel do Café na Fazenda Guaritá . Foto da autora.

"Em julho de 2021, após sofrer com uma demissão, em um trabalho que eu gostava muito, resolvi viajar para um hotel fazenda, destes bem antigos do Vale do Café, no interior do Rio. Eu e minha família nos hospedamos no Hotel do Café, na Fazenda Guaritá (1875), um lugar belíssimo e cheio de arte e história do século XIX! O dono da fazenda também havia adquirido a propriedade ao lado, a fazenda Campos Elísios e a reformara toda, assim como fez quando adquiriu a Guaritá. Muitos móveis da Campos Elísios, também do século XIX, foram aproveitados para decorar os quartos dos hóspedes na Fazenda Guarita. Na segunda noite, depois do maravilhoso jantar, quando todos já dormiam fiquei apreciando o quarto, os objetos antigos, os quadros. E então abri a gaveta de um pequeno móvel antigo, uma espécie de criado mudo, que ficava ao lado do sofá. Para minha surpresa tinha um livro lá dentro, “O Profeta” de Khalil Gibran. Já tinha ouvido falar de Khalil Gibran…


Livro O Profeta de Khalil Gibran. Foto da autora.

E achei inusitado alguém no interior de uma fazenda se interessar por uma leitura diferente assim… Ao abrir o livro me deparei com um ex-líbris (o primeiro que vi na vida!!!) e não sabia o que era de fato, achava que era só uma etiqueta personalizada do dono. Enfim, foi pelo ex-líbris que descobri que o livro pertencia à fazenda ao lado e que o móvel em questão era um dos móveis vindos de lá, como o dono já havia contado. Achei tudo lindo, o móvel, o livro, a história do livro ali, a “etiqueta”. Minha vontade era levar o livro comigo, mas cristã que sou, foi só um ímpeto que logo passou. Mas tirei uma foto, claro, porque sou cristã e jornalista!


Ex-líbris da Fazenda Campos Elísios. Foto da autora.

Enfim, ontem lembrei do desenho da etiqueta, olhando um livro antigo e fui conferir a foto na galeria do meu celular. Fui pesquisar o que estava escrito na etiqueta e descobri então que se tratava de um ex-líbris! Fiquei fascinada! Mais fascinada ainda em descobrir que tem pessoas que colecionam, se interessam por este tipo de arte!"



Maria do Carmo d’Assunção Freitas – Reside em Brasília, DF. É Jornalista e publicitária, cursando pós-graduação em Literatura e Língua Portuguesa.

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page