• exlibrisbrasil2020

Processo de criação da nova logomarca da Caçadora de Ex-líbris

Por Gerson Witte*


Mary Komatsu pediu para eu atualizar a marca de identidade visual da Caçadora de Ex-líbris, que ela própria havia criado para sua página eletrônica e canal do Youtube.


Logomarca Caçadora de Exlibris, 2020, . Criação Mary Komatsu.

Foi um interessante desafio, porque a marca já possuía excelentes qualidades, remetendo ao interesse pelo clássico e pela cultura da antiguidade.


Em um primeiro esboço, a inspiração foi a deusa Minerva, versão romana de Atenas, representando o conhecimento e o amor pelos livros. Foi gentilmente rejeitada por uma questão geográfica e cultural. Mary é moradora do estado do Rio de Janeiro, onde a universidade federal já utiliza a muito tempo esta deusa como símbolo. Evitemos, pois, confusões desnecessárias, porque ela é do time das Belas-Artes...


Deusa Minerva. Fonte: Pinterest.

Ela sugeriu a figura de Ártemis, deusa protetora das mulheres… e caçadora mitológica, combinando melhor com o nome da sua página. Além disso, ela comentou ser grande fã da estátua “Diana de Versalhes”, que está no museu do Louvre, representando a versão romana desta figura mítica.


Diana de Versalhes. Fonte: Guia do Louvre.

A partir deste conceito, busquei inspiração nos dos vasos de cerâmica produzidas na antiga Grécia, com suas representações planas em alto-contraste, principalmente no período conhecido como das figuras negras, estilo sofisticado de ilustração de narrativas, com temas militares e personagens míticos.


Vaso grego. Fonte: https://www.historiadasartes.com/

Procurei fazer um desenho com dinamismo, mostrando Ártemis focada em sua caça, tensionando o seu arco para o disparo da flecha certeira em direção ao seu alvo. Sua túnica esvoaçante mostram seu esforço e os cabelos formam volutas, as linhas em espiral típicas do estilo Jônico. Sobre sua testa carrega uma tiara em forma de lua crescente, astro ligado às mulheres, seu ciclos e suas lutas. Ao redor, mantive a coroa de folhas, tão impactante na marca original, para simbolizar a vitória e o poder dos juramentos (simbologia que rende sozinha outra história).


Foi ajustada a tipografia, para destacar o termo Ex-Líbris, objeto de desejo da caçadora. O esquema de cores, com o verde de tom escuro em contraste ao branco e ao amarelo, permaneceram com alguns ajustes, associando a paleta com as cores nacionais e com a preservação da memória desta linguagem artística no Brasil.


Logomarca Caçadora de Ex-líbris, 2021. Criação Gerson Witte.

Abusando do conhecimento de eras antigas, que os livros nos permitem conhecer, utilizei vários conceitos para traduzir em imagem o sentimento prazeroso de caçar Ex-líbris. Espero que tenham apreciado conhecer a história presente neste desenho, feito com admiração pelo trabalho realizado para a destemida e incansável caçadora, Mary Komatsu.



*Gerson Witte - Professor, Mestre em Educação e Especialista em Arte Educação. Realiza pesquisa acadêmica o História do Contestado, tema de sua dissertação e de uma série de artigos e livros publicados. Publicou livros de divulgação científica pela Livraria de Física da Universidade de São Paulo, USP e publicou diversos materiais gráficos e dirigiu animações sobre a história do Oeste de Santa Catarina. Atualmente é professor de Arte no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina – IFSC - Campus de Chapecó, SC.

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo