top of page

LIVE “Eliseu Visconti e os 120 anos do ex-libris da Biblioteca Nacional” Uma homenagem ao seu avô Eliseu Visconti que confeccionou o ex-líbris da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro que comemora neste ano 120 anos. Apresentado por Tobias Stourdzé Visconti.

 

LIVE “Ex-libris da Coleção Maria Annunciada Ramos Chaves” - Analisa os ex-libris da Coleção Maria Annunciada Ramos Chaves (1915-2006), uma jurista paraense, que dedicou a maior parte de sua vida ao ensino da História, foi uma das primeiras mulheres a obter nível superior no início do século passado em Belém do Pará. Teve uma biblioteca expressiva com mais de 20.000 itens, dos quais a maioria dos exemplares possui ex-libris ou manuscritos ou em forma de carimbo, cujo formato e quantidade de informações variam. Apresentado por Elisangela Silva da Costa.

 

LIVE “Ex libris em família: o acervo da Biblioteca de Obrars Raras Átila de Almeida” - Essa coleção começa com a criação da Biblioteca Particular de Horácio de Almeida que foi um dos intelectuais mais importantes do Estado da Paraíba. Formado em Direito pela Faculdade do Recife, colaborou em diversos jornais locais, escreveu importantes livros da historia paraibana, sendo inclusive um dos fundadores da Academia Paraiba de letras, seguindo seu caminho de bibliofilo, colecionador,  vem o seu Filho, Átila de Almeida, Graduado em Matemática,  foi professor de Física da Universidade Federal da Paraíba, além de jornalista, pesquisador e folclorista. Nas duas coleções encontramos ex libris que contam um pouco a historia e dos lugares da Paraiba. Apresentado por Valéria Soares e Silva.
 

LIVE “Descrição de ex-líbris impressos para uso em bibliografias e catálogos automatizados” - Trata da elaboração um modelo de descrição de ex-líbris impressos que trouxesse metadados e regras para servir tanto para bibliografias como para catálogos em geral, mas com foco nos catálogos automatizados que usam o padrão MARC21. Apresentado por Luiz Felipe Stelling e Thalles Siciliano.

 

LIVE “O Ex-libris na Arte do Livro” - Dentre as diversas artes que atuam na composição do livro, a dos ex-libris tem longa tradição, tendo sido bastante cultuada no passado – hoje menos – pelos amantes do livro. A história do ex-libris integra tanto a história da arte como a história do livro, sendo fonte inesgotável para ambas. E, como toda obra de arte, reflete uma época e suas circunstâncias, seus gostos e tendências, acompanhando as grandes mudanças sociais e culturais e adaptando-se a novas técnicas. Ex-libris – Coleção Livraria Sereia de José Luis Garaldi integra a coleção Artes do Livro e propõe-se como divulgação e revitalização dessa arte em miniatura por meio da qual bibliófilos e leitores que se orgulham de sua biblioteca costumam personalizar cada um dos seus volumes. Apresentado por Plinio Martins Filho.

 

LIVE “Coleções especiais e marcas de proveniência da Biblioteca Setorial Francisco Tancredo Torres – UFPB” - A Biblioteca Universitária Francisco Tancredo Torres, setorial da UFPB, é uma das mais antigas da instituição. Suas coleções especiais são formadas principalmente por doações de antigos professores e funcionários da instituição e revelam verdadeiros tesouros bibliográficos. A partir de um projeto de extensão, foram realizadas algumas atividades nos acervos para salvaguarda do patrimônio bibliográfico. Além disso, alguns estudos tem sido realizados a partir destas coleções a nível de graduação e de doutorado. As coleções apresentam a história e memória da instituição além de revelar também a memória e história da cidade de Areia - PB e de seus personagens. Neste encontro conheceremos mais sobre as coleções, seus personagens, a história da instituição e da cidade de Areia e um estudo sobre as marcas de proveniência encontradas. Apresentando por Juccia Nathielle do Nascimento Oliveira.

 

LIVE “Caminhos e descaminhos da Coleção Ernesto Senna através de suas marcas de proveniência” - Busca evidenciar como as marcas de proveniência foram fundamentais para (re)contar a história da Coleção do jornalista Ernesto Senna (1858-1913), seus métodos de colecionamentos e os rumos que ela tomou quando foi incorporada ao acervo da Biblioteca Nacional. Objetiva refletir, ainda, sobre o papel do colecionador na preservação da memória social e na da sua própria identidade. Apresentado por Carlos Henrique Juvêncio.

 

LIVE “Goeldi: Arte, História e seu ex-líbris” – Um relato sobre o trabalho de Oswaldo Goeldi e Emilio Goeldi que está atualmente com uma exposição intitulada “Fauna e Flora Brasileira” em cartaz no Teatro Nazareno Tourinho em Belém do Pará. Vamos conhecer o artista Ernst Lohse que criou o emblemático ex-libris de Emilio Goeldi. Lani também vai apresentar a Associação Oswaldo Goeldi que neste ano comemora 23 anos. Apresentado por Lani Goeldi.

 

LIVE “O ex-libris e além: percebendo as marcas de proveniência em acervos culturais e científicos” - Por meio de estudos em acervos arquivísticos e bibliográficos, Ɵve oportunidade de explorar vários elementos que nos conectam ao passado ex-libris, assinaturas e carimbos. Para além desses, nesta apresentação abordarei as etiquetas de livreiros e de oficinas de encadernação do Rio de Janeiro, especialmente no século XIX. A análise desses itens ajuda revelar um panorama das práƟcas, estilos e influências dos livreiros e das oficinas de encadernação da época. Essas pequenas peças de papel, coladas nas encadernações, nos convidam a desvendar os segredos do passado e reconstruir a história das pessoas e lugares que contribuíram para a riqueza cultural daquele período. Apresentado por Ana Roberta Tartaglia.

 

LIVE “Ex-libris viajante. A trajetória da Livraria e da Coleção Diogo Barbosa Machado”- Em Portugal, no século XVIII, um erudito chamado Diogo Barbosa Machado dedicou-se a colecionar materiais sobre a história do reino português e de suas possessões. Nesta minuciosa tarefa de selecionar aquilo que era digno de sobreviver ao tempo, aquele antiquário constituía uma relação com o passado por meio da prática colecionista. Este trabalho de compilação foi levado a cabo por Barbosa Machado até os últimos anos de sua vida, quando, então, vendeu a sua coleção pessoal e toda a sua livraria para a Coroa portuguesa. Com a invasão napoleônica e a vinda da Corte para o Brasil, a livraria do erudito atravessou o Atlântico e hoje é uma das principais coleções do acervo da Biblioteca Nacional. Nesta live, pretendo contar um pouco da trajetória desta coleção, atentando para as suas mudanças, e buscando mostrar como ela nos remete a diferentes formas como as sociedades se relacionam com o seu passado. Apresentado por Ana Paula Sampaio Caldeira.

 

LIVE "Ex-libris e a gravura como forma de expressão"- Pretende abordar a gravura como meio e linguagem para a criação de Ex-líbris, apresentando um pouco da sua história e das diferentes técnicas utilizadas. Apresentado por Laura Maria Neves Abreu.

 

LIVE “Homero Pires e o início do exlibrismo nacional” - Assim como Stella Maris e Jorge de Oliveira, Homero Pires é mais um nome de peso que se associa à coleção de ex-líbris da Biblioteca Central da Universidade de Brasília (UnB). Ele esteve envolvido no início da socialização dos ex-líbris no país, participando da 1ª Exposição Brasileira de Ex-libris. A sua coleção de livros foi comprada pela UnB na década de 1960, trazendo livros raros, manuscritos e correspondências de escritores famosos, como José Lins do Rego e Rui Barbosa, além de uma coleção de ex-líbris. Nesta live falaremos das marcas de proveniência presentes nos livros do Homero Pires, que fazia diversas anotações em quase todos, e da sua trajetória no exlibrismo. Apresentado por Raphael Diego Greenhalgh.

 

LIVE “A biblioteca musical Abrahão de Carvalho e o seu ex-libris” - Formalmente adquirida pelo governo brasileiro em 1953, a biblioteca do contador e amante da música Abrahão de Carvalho, constituía a mais importante coleção musical particular das Américas. Formada ao longo de quarenta anos, somava cerca de dezenove mil títulos. Nesta live, pretendo apresentar um breve histórico da coleção, destacando as obras mais significativas e os seus ex-libris. A compra dessa coleção para o acervo da Biblioteca Nacional foi extremamente importante para estruturar a Seção de Música como referência no Brasil e América Latina. Apresentado por Elizete Higino.

 

LIVE “Caminhos percorridos pelo escritor Josué Montello: os Ex Libris e outras marcas de proveniência em sua biblioteca - A Casa de Cultura Josué Montello foi criada em 1983 pelo governo do Estado através da Secretaria de Estado da Cultura como forma de homenagear o escritor maranhense Josué Montello que foi jornalista, professor, romancista, cronista, ensaísta, historiador, orador, teatrólogo e memorialista, nasceu em São Luís do Maranhão a 21 de agosto de 1917, onde passou sua infância e juventude. O acervo que deu origem a instituição foi doado em vida pelo escritor que disponibilizou sua biblioteca particular, seu arquivo documental e peças que compõe o Museu Josué Montello. O acervo da sua biblioteca particular formado ao longo de sua vida, somava cerca de trinta mil títulos que foram adquiridos em livrarias e sebos de vários lugares onde morou como Rio de Janeiro, França, Espanha, Peru e Portugal. Nesta live, pretendo apresentar um breve histórico do escritor e da Casa de Cultura, destacar o ex-libris do escritor e os que foram localizados na coleção de obras raras maranhenses, obras raras geral e obras raras francesa. Destacaremos também as etiquetas de livreiros encontrados nas coleções. Apresentado por Joseane Maria de Souza e Souza.

 

LIVE “Bibliófilos, bibliômanos e bibliopiratas: Eduardo Frieiro 1889-1982” - Considerações sobre a contribuição do escritor e bibliógrafo mineiro Eduardo Frieiro para a discussão sobre o vastíssimo tema da relação leitor/livro/leitura, incluindo considerações sobre o uso do ex-libris. Apresentado por Maria da Conceição Carvalho.

 

LIVE “A bibliofilia e a paixão pelos livros no século XXI” – Romulo falou sobre a bibliofilia nos dias de hoje, as características dos legados dos bibliófilos, razões que levam um bibliófilo a praticar essa paixão. Apresentado por Romulo Pinheiro.

 

LIVE “Anatomia do codex: investigações sobre a materialidade do livro” - Há muitas maneiras de estudar o livro, uma das possibilidades é analisar os seus atributos físicos. Dentre as diferentes formas que o livro assumiu ao longo da história, esta conversa vai investigar a materialidade do codex, compreendido como a estrutura composta de folhas dobradas em cadernos, posteriormente costurados entre si. Através de ilustrações e exemplos presentes em coleções públicas e particulares, vamos observar algumas das partes constitutivas desse objeto e as marcas que podem ser nele inseridas ao longo de sua jornada no mundo. Apresentado por Laura Klemz.

 

LIVE “ O livro e o ex-líbris - onde a sabedoria e a arte moram”-  José Augusto apresentou um panorama geral sobre a Bibliofilia e sobre o ex-librismo no Brasil. Apresentado por José Augusto Bezerra.

LIVE "O exlibrista acidental: um breve percurso artístico" - O caminho de um ilustrador editorial até a produção de ex libris. O artista vai comentar sobre seu trabalho prévio na ilustração (sua formação, os tipos de trabalho que já fez, seus clientes); também sobre como conheceu os ex libris e como veio parar nesse meio. Além disso, contará como é o processo de encomenda, quais técnicas de execução utiliza, e quais resultados podem ser obtidos. Apresentado por Sandro Castelli.

LIVES NA CAÇADORA DE EX-LÍBRIS - 2023

bottom of page