Lives na Caçadora de Ex-líbris - 2020

LIVE “EX-LIBRIS DA DESEMBARGADORA SALETE MACCALÓZ E SUA COLEÇÃO NO CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL”  - O ex-libris da jurista foi desenhado pela sua irmã que é artista plástica é composto por esse carrinho que carrega alguns livros ponto dentre os títulos estão: A Divina Comédia, a Bíblia Sagrada, a Constituição Federal e o Código Civil. O ex-libris estava no livro ‘A era dos extremos: o breve século XX’, de Eric Hobsbawm, publicado em 1994. (Foto de @oquetemnabiblioteca) A coleção da desembargadora encontra-se na Biblioteca do Centro Cultural Justiça Federal no Rio de Janeiro. Foi doado pela família através de doação em 2017. Além de obras impressas nas áreas de Direito, Filosofia, Artes e Literatura, a desembargadora possuía uma numerosa coleção de DVDs (cerca de dois mil itens) e também de histórias em quadrinhos. Apresentado por Katia Leal da Silva.                         

LIVE “EX-LIBRIS COMO OBJETO DE COLEÇÃO E ESTUDO” - Luiz Felipe apresenta os seguintes tópicos: Conceito de ex-líbris, Tipos de ex-líbris, Sociedades de colecionadores, Técnicas de impressão, Proveniência dos ex-líbris, sobre a sua coleção particular de ex-libris e a exposição o livro da ABL. Apresentado por Luiz Felipe Stelling,.

LIVE “EX-LIBRIS DA SOPHIA JOBIM MAGNO E SUA COLEÇÃO NO MUSEU HISTÓRICO NACIONAL”. Apresentado por Eliane Vieira da Silva.

LIVE “EX LIBRIS ATRIBUÍDO: UMA MARCA CULTIVADA” - Conceito: ex libris-etiqueta, ex libris factício, ex libris atribuído. Como surge a necessidade de um ex libris atribuído? Por que adotar? Como identificar? Como distinguir um ex libris atribuído de outras marcas. Desenho, suporte e características. do ex libris atribuído. Finalidade e uso. Importância. Exemplos. Apresentado por Ana Virginia Pinheiro.

LIVE “SISTEMA DE ARMAZENAMENTO E RECONHECIMENTO DE MARCAS DE PROVENIÊNCIA EM ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS” - Este projeto, iniciado em junho de 2019, visa pesquisar o tema “marcas de proveniência” no âmbito da Biblioteconomia. Pretende, ainda, desenvolver tecnologias para a identificação, registro e reconhecimento de marcas de propriedade presentes em acervos bibliográficos. Os procedimentos metodológicos previstos para a sua realização incluem revisão bibliográfica e documental para a construção do aporte teórico. Para a criação do Sistema de Armazenamento e Reconhecimento de Marcas de Proveniência Bibliográficas, composto de um Repositório de dados on-line, um Aplicativo móvel (app) e um servidor de aplicação web para processamento de imagens, contamos com a parceria do Centro de Ciências Computacionais (C3) da FURG. Apresentado por Marcia Rodrigues, Alissa Esperon Vian, Eduardo Nunes Borges.

LIVE “EX-LIBRIS: MARCA DE UMA IDENTIDADE E O PROCESSO DE CRIAÇÃO" - Aborda nesta live sobre todo processo da criação desde o desenho até a impressão do ex-libris, assim como, das exposições que tem realizado com artistas gravadores de vários  países, com apresentação de imagens do processo da criação, curadoria da exposição de ex-libris incluindo também seu acervo pessoal. Apresentado por André de Miranda.

LIVE “A COLEÇÃO DE EX LIBRIS DA BIBLIOTECA CENTRAL DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB"  - Raphael fala sobre a Coleção de Obras Raras da BCE, destacando a Coleção de Ex-libris que compõe este acervo. Tratando das ações de organização e divulgação realizadas pela ex-Professora de artes da UnB, Stella Maris, Bertinazzo e da doação da coleção do artista Jorge de Oliveira. Mostrando alguns exemplares de ex-libris e algumas diretrizes para gestão do acervo. Apresentado por Raphael Diego Greenhalgh.

LIVE “OS EX LIBRIS NO ACERVO DO MUSEU MARIANO PROCÓPIO (JUIZ DE FORA, MG): REFLEXÕES HISTÓRICAS" - Compreendendo o ex libris como uma representação icono-bibliográfica, que tem como função identificar a que instituição ou indivíduo pertence uma determinada publicação, o objetivo da "live" é apresentar os ex libris que compõem o acervo da Biblioteca do Museu Mariano Procópio (Juiz de Fora - MG) e estabelecer algumas reflexões acerca das maneiras pelas quais cada um deles individualiza e personaliza as obras de forma artística. Para tanto, além de falar sobre a função, a origem, os usos e os significados dessa marca bibliográfica, refletiremos sobre a possibilidade de se analisar essas etiquetas a partir da relação sujeito-objeto e dos possíveis diálogos com a chamada "escrita de si", "produção de si" ou "memórias de si" no campo historiográfico. Apresentado por Sergio Augusto Vicente.

LIVE “GRAVAR E COLECIONAR: AS HISTÓRIAS DE UM ARTISTA COLECIONADOR APAIXONADO POR EX LIBRIS” - Marcelo desde criança agrupava objetos. Como estudante de gravura, começou a colecionar. O ato de colecionar sempre tangenciou sua gráfica e a descoberta dos ex-libris e se constituiu em um importante foco de ação. Neste terreno fértil que engloba a gravura, encadernação, impressão, exposições, etiquetas de livraria, ex-libris são o campo fértil onde ele percorre suas ideias com seriedade e felicidade.  Nesta Live ele vai tratar de definir uma linha de tempo e pensamento de atividades tão complexas que contemplam sua vida e trajetória artística. Desde o primeiro encontro que teve com estas incríveis marcas de proveniência até seus desdobramentos na sua produção contemporânea. Apresentado por Marcelo da Silva  Calheiros.

LIVE "MINHA COLEÇÃO DE EX-LIBRIS E SUAS HISTÓRIAS" – Paulo Rezzutti abriu o seu álbum de Ex-Libris e seus livros sobre o tema. Sua coleção começou como uma curiosidade e também pela arte e história que apresenta em cada exemplar. Apresentado por Paulo Rezzutti.

LIVE "BREVE HISTÓRIA DO EX-LIBRIS NO BRASIL" - Thalles aborda os seguintes tópicos: 1) o ex-libris, 2) o ex-libris no Brasil colonial, 3) o ex-libris no Brasil imperial, 4) o lento início da popularização, 5) anos 1940 e o boom, 6) artistas 7) principais publicações. Apresentado por Thalles Augusto de Carvallho Siciliano.

LIVE "COLECIONISMO DE EX-LIBRIS: ABORDAGENS SOBRE COLEÇÕES NA UFMG" - Aborda sobre o colecionismo de ex-libris presente em coleções bibliográficas especiais no Brasil, tendo como objeto de análise duas coleções que estão resguardadas no Acervos de Obras Raras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Nesse caso, a coleção de dois bibliotecários -  Décio Pereira de Vasconcelos e Alexandre Medeiros - que doaram seus acervos para a Universidade. Foram apresentadas as iniciativas para a organização (arranjo e descrição), conservação (preventiva, curativa) adotadas para as coleções bem como as iniciativas para pesquisa e difusão das coleções. Apresentado por Diná Araújo.

LIVE “POTÊNCIAS SIMBÓLICAS DA MEMÓRIA SOCIAL: EX-LÍBRIS E OUTRAS MARCAS GRÁFICAS”- Pequeno histórico dos ex-líbris; outras marcas como: etiquetas de livraria, etiquetas de encadernador, marca de autoria que parece ex-líbris, etiqueta de farmacêutico. Apresentado por Márcia Della Flora Cortes.

LIVE "EX-LIBRIS DE JORGE DE OLIVEIRA: A RESISTÊNCIA." - História de Jorge de Oliveira e da convivência com um dos mais importantes ex-libristas brasileiros. Detalhes sobre a entrevista, os artigos acadêmicos, das técnicas artísticas e gráficas que utilizava. Também da mágoa pelo esquecimento e falta de reconhecimento para a importância da sua obra. Apresentado por Gerson Witte.

LIVE “O EX-LIBRIS DA BIBLIOTECA NACIONAL DO BRASIL: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA." - Relata a pesquisa das bibliotecárias do Plano Nacional de Recuperação de Obras Raras (PLANOR) Rosângela Rocha Von Helde e Andréia de Souza Pinheiro, que culminou no estudo inédito sobre as marcas de propriedade da Biblioteca Nacional, em especial do seu ex-libris, criado na administração de Manoel Cícero Peregrino da Silva (1920-1924), pelo grande artista luso-brasileiro Eliseu Visconti.  Apresentado por Rosângela Rocha Von Helde.

LIVE "O MUNDO DO EX LIBRIS E O OLHAR POÉTICO DE UM ARTISTA" – Julieta fala sobre a sua dedicação ao Ex Libris e a participação ativa neste mundo fantástico da modelagem de identidade, desde meus primeiros contatos com a gravura, seu desenvolvimento, concepção, até a criação desta arte em miniatura. Apresentará seus Ex Libris e um pouco do que se faz na Argentina, como também a busca para divulgar e resgatar sua valorização. A imersão no Ex Libris levou a divulgar essa arte através de exposições, seminários e workshops, tanto em seu país como no exterior. É assim que, há vários anos, tem realizado workshops de Ex Libris no seu país e em outros países, como o Brasil, onde vai compartilhar aqui suas experiências. Apresentado por Julieta Warman.

LIVE "EXPERIÊNCIAS COMO O EX-LIBRIS : O FAZER, O PENSAR E ENSINAR. – A História do ex-líbris de Diogo Cronemberger, realizado em gravura em metal. Apresentação da minha referência de gravura: Helena Freddi. Experiência de ensino livre: sobre a proposta da oficina de ex-líbris em gravura de polímero. A proposta do ex-líbris em carimbo. O ex-librismo como uma área que possibilita a articulação de várias de suas áreas de conhecimentos: gravura, ilustração, programas digitais, e também marcenaria. Apresentado por Bruna Kim.

LIVE "EX LIBRIS: O LIVRO DE UMA VIDA" - Os ex libris podem ser uma inspiração e tanto para a criação de obras literárias, sendo algo tão inerente ao mundo dos livros. Por isso, faz sentido que surjam histórias que se relacionam intimamente com o conceito dos ex libris - é o caso de "Ex Libris", obra de Fabio Brust publicada pela AVEC Editora. Nesse caso, ao invés do ex libris sinalizar a posse de alguém sobre um livro, é o livro que sinaliza a posse sobre a pessoa... "Ex Libris" é o nome dos livros, dentro da obra, que contam a vida de cada pessoa, do começo ao fim. O que poderia acontecer se alguém descobrisse o final do livro de outra pessoa? Apresentado por Fabio Brust.

LIVE "EX LIBRIS: POÉTICA INDIVIDUAL E PROJETO COLETIVO".  Os gravadores abordaram suas experiências poéticas na criação de ex-líbris, na participação em exposições nacionais e internacionais. Fala dos projetos de ex-líbris em gravura de metal, xilogravura de topo e carimbo. Comenta sobre o ateliê de xilogravura e gravura em metal da UFMG para tratar da prática coletiva para a criação de álbuns de ex-líbris e como a esta experiência está ocorrendo em tempos de pandemia". Apresentado por Eliana Ribeiro Ambrosio e George Rembrandt Gütlich.
              

LIVE "EX-ALDRAVILIBRIS: SIMBIOSE ENTRE LITERATURA E ARTES VISUAIS" -     Através do intercâmbio entre a Literatura e as Artes Visuais é possível construir um caminho que amplie o repertório literário, linguístico e artístico de adolescentes, alunos da Educação Básica, em que a reflexão lexical e semântica entre a imagem e a palavra os leva ao estudo dos gêneros Aldravia e Ex-libris. O Ex-libris é uma arte em miniatura e as Aldravias são o primeiro gênero literário minimalista nascido no Brasil, mais especificamente em Mariana, Minas Gerais. Os dois gêneros conversam entre si não só pelo minimalismo, mas porque ambos se utilizam de uma linguagem própria, voltada para o sujeito que os produz. A simbiose entre eles faz nascer um novo gênero: o Ex-aldraviLibris, produção que concilia os aspectos e características de um Ex-libris aos aspectos e características de uma Aldravia. Apresentado por Joseani Adalemar Netto.