top of page
  • exlibrisbrasil2020

As mulheres e seus ex-líbris: Stella Maris de F. Bertinazzo

Atualizado: 28 de jul. de 2023

Por Mary Komatsu*



Hoje (31/03), a Caçadora de Ex-líbris encerra o ciclo de comemorações "As mulheres e seus ex-líbris", e hoje a homenageada é a Stella Maris de Figueiredo Bertinazzo.


Stella Maris de F. Bertinazzo. Foto: http://promosorte.com.br/

Nascida na cidade Carmo do Paranaíba em Minas Gerais no dia 01 de agosto de 1946, ela foi gravadora e professora de artes visuais da Universidade de Brasília (UnB). Em 1979, ela descobriu a coleção de ex-líbris na Seção de Obras Raras da Biblioteca Central da UnB, quando despertou um grande interesse por essa arte em miniatura. No mesmo ano, ela criou o Ateliê de Xilogravura do Instituto de Artes, onde desenvolveu pesquisas em torno da xilogravura tradicional japonesa, e estudou exaustivamente a coleção de ex-líbris da Biblioteca Central da UnB. Também promoveu diversas exposições, palestras, cursos e oficinas ex-librísticas.


Resultado de tantas pesquisas, foi o lançamento em 2012 do livro intitulado “Ex-líbris: pequeno objeto de desejo”. Infelizmente Stella Maris não chegou a ver o livro pronto, pois veio a falecer em setembro de 2001. O livro só foi publicado 10 anos depois, pela dedicação e empenho de grandes pessoas entre eles, o bibliófilo José Mindlin que prefaciou o livro. O livro é um grande legado ex-líbrista da Stella Maris para a sociedade brasileira.


Livro “Ex-líbris: pequeno objeto de desejo”

Stella Maris possui 02 ex-líbris pessoais que podemos observar abaixo.


Ex-libris da Stella Maris Bertinazzo. Ipse fecit, 1974.

Esse Ex-líbris da Stella Maris trata de ex-libris eróticos que são usados para aqueles livros especializados em temas como erotismo.


Ex-libris da Stella Maris Bertinazzo. Desenho de Rosangela Roosevelt, 1996.

Em 2019 tive a oportunidade de conhecer de perto essa maravilhosa coleção de ex-líbris. A bibliotecária Gabriela que me atendeu, conta que a Biblioteca Central da UnB adquiriu bibliotecas de grandes colecionadores. Entre os exemplares de ex-líbris brasileiros, destacam-se figuras do meio intelectual, político e institucional, como Rodolfo Amoedo, Odette Barcellos, Paulo José Pires Brandão, Américo Jacobina Lacombe, Nuno Smith de Vasconcelos, entre outros. Destaco duas coleções de grande importância a Coleção Homero Pires e Jorge de Oliveira. Homero Pires foi um dos participantes da 1ª Exposição Brasileira de Ex-Libris em 1942 no MNBA e sua coleção de 252 ex-libris foi doada em 1963. Quanto à Coleção de Jorge de Oliveira doada em 2018 é composta por 2.500 ex-libris foram produzidos por diversos artistas e originários de diversos países. Também existem exemplares de outras nacionalidades, como ex-libris da Espanha, Portugal, Japão e Alemanha sendo em grande parte do Século XX.


Foi um momento único estar perto dessa coleção de ex-líbris. Uma mulher que inspira todas nós! Obrigada Stella Maris de Figueiredo Bertinazzo!


Conheça mais histórias sobre a Stella Maris com esse trio: Rosangela Roosevelt, Paulo Couto Teixeira (Pulika) e Raphael Greenhalgh nesta live com a Caçadora de Ex-líbris.



*Mary Komatsu - Bibliotecária e administradora do canal Caçadora de Ex-líbris.

142 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page