top of page
  • exlibrisbrasil2020

As Mulheres e seus ex-libris: Annunciada Chaves

Atualizado: 15 de abr. de 2023

Por Elisangela Silva da Costa*


Maria Annunciada Ramos Chaves (1915-2006) foi uma advogada e professora de História paraense, que inspirou gerações de novos historiadores. Ela foi uma das primeiras mulheres a obter nível superior no Pará, ao graduar-se em Ciências jurídicas e sociais em 1936, pela Faculdade de Direito do Pará (BECKMANN, 2006). Foi Sub-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Federal do Pará, na gestão do reitor Aloysio da Costa Chaves - 1969 a 1973. E pela atuação exitosa foi reconduzida ao cargo na gestão do reitor Clóvis Cunha da Gama Malcher - 1973 a 1977. (UFPA, 1977).


Fonte: O Jornal O Estado do Pará (1953)
Imagem 1 - Annunciada Chaves. Fonte: O Jornal O Estado do Pará (1953)

Annunciada Chaves foi uma grande bibliófila possuía uma biblioteca de 20.000 volumes e destes a maioria possuía algum tipo de marca de proveniência (DAMASO, 1997).

Celibatária e sem prole Annunciada Chaves faleceu com idade bem avançada e após seu falecimento sua casa foi vendida e sua biblioteca foi posta na rua. A Biblioteca de Annunciada Chaves foi dilapidada, felizmente seus amigos se uniram para recolher o máximo de materiais bibliográficos possíveis e reuni-los posteriormente, dando origem ao Projeto Memorial do Livro Moronguêtá (UFPA, 2013).


Deste resgate foi possível recuperar 5.000 livros, todos possuem alguma marca de proveniência, descritos da seguinte forma: cerca de 94% tem ex-libris manuscritos, 4% possui carimbos. Não foi encontrado nenhum ex-libris impresso nos livros que foram recolhidos pelo Projeto Memorial do Livro Moronguêtá.


Imagem 2 - Amostra de Ex-libris manuscrito. Fonte: Acervo do CMA (2023).


Imagem 3- Amostra de Ex-libris em forma de carimbo. Fonte: Acervo do CMA (2023).

Os ex-libris manuscritos de Annunciada Chaves também possuem variação, basta observar as imagens a seguir em alguns livros Annunciada assinou as suas iniciais em outros casos ela assinou as partes de seu nome mais conhecidas.


Imagem 4 - Amostra de Ex-libris manuscrito com nome abreviado. Fonte: Acervo do CMA (2023)

Imagem 5 - Amostra de Ex-libris manuscrito com partes do nome mais conhecidas. Fonte: Acervo do CMA (2023).

Ressalta-se que o ex-libris em forma de carimbo apresenta variação, conforme pode ser visto nas figuras abaixo. Então existe um modelo de seu nome com letras góticas e outro em formato circular contendo seu nome e endereço.


Imagem 6 - Exemplar de carimbo com letras góticas.Fonte: CMA (2023).

Ressalta-se que a análise dos ex-libris é muito importante porque eles são um símbolo de informação de cunho cultural e histórico da sociedade, pois permite revelar varias camadas de conhecimento que precisam ser acionados, tais como: artes visuais, heráldica, Biblioteconomia e sobretudo a História etc.


REFERÊNCIAS


BECKMANN, Clodoaldo F. R. Homenagem à Maria Annunciada Chaves. Rev. Cult. do Pará, v. 17, n. 2, p. 177-182, jul./dez. 2006.


DAMASO, Daniele. Annunciada: a história de um compromisso. [1997]. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) – Centro de Letras e Artes, Universidade Federal do Pará, Belém, 1997. Orientador: Lúcio Flávio Pinto.


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Informativo da UFPA. Universidade Federal do Pará. Edição Histórica, Belém, Jun. 1977.


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Pró-Reitoria de Relações Internacionais. Projeto Memorial do Livro Moronguetá, Belém, 2013. 12 f.


Confira mais informações na live com bibliotecária Elisangela Silva da Costa.


*Elisangela Silva da Costa - Bibliotecária do Centro de Memória da Amazônia da UFPA. É membro do Grupo de Pesquisa Estudos sobre Patrimônio Bibliográfico e Documental.


51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page